Vinhetas da Queima das Fitas do Porto

Vinhetas de 1955, 1956 e 1957 (todas imp. Lito of Artistas Reunidos – Porto)

Em 1920, os finalistas de Medicina da Universidade do Porto faziam a chamada “Festa da Pasta”, que “é considerada a origem da Queima das Fitas do Porto”, segundo o site da Federação Académica do Porto.  Ao longo dos anos a “Festa da Pasta” foi-se “difundindo pelas diversas faculdades da Universidade do Porto, sendo que cada faculdade tinha a sua própria festa”.

Em 1943 passou a haver uma só para todas as faculdades” e começou a usar-se o nome de Queima das Fitas, paralelamente ao de “Festa da Pasta”. Em 1945 a expressão “Festa da Pasta” é abandonada totalmente e é a partir desta data que passa a existir a “Queima das Fitas do Porto”, acrescenta a mesma fonte.

vinhetas de 1963 (imp. Lito Pátria – Porto) e 1966 (imp. Lito Ignis – Porto)

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Porto, Vinhetas (Erinofilia)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s